Asteroid Day Cuiabá traz palestras, filmes e telescópios para público

 

Programação alerta sobre o perigo da colisão da Terra com asteroides

Nesta quinta-feira (29.06) a programação da primeira das duas atividades do “Asteroid Day”, em Cuiabá, finaliza com o último dia da exposiçao sobre o assunto entre 8 e 18h, no saguão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. No mesmo local, às 14h30, será apresentada palestra sobre o tema no auditório “Milton Figueiredo”, ministrada pelo presidente do Clube de Astronomia de Mato Grosso (CAMT), Paulo Wolkmer. A ação faz parte de campanha mundial para sensibilizar a população sobre o perigo da colisão de asteroides com a Terra. Com a disseminação da informação as atividades buscam união e pressão dos povos para pedir aos respectivos governantes mais recursos para a pesquisa de monitoramento e formas de combate às quedas de asteroides para se evitar catástrofes maiores do que as que já ocorreram ao longo da história da humanidade. A organização das duas ações que ocorrem desde o último dia 27 em Cuiabá é da agência de notícias sobre astronomia Space News MT, do Instituto de Física da UFMT e do CAMT com apoio do Rotary Clube de Cuiabá e ALMT.

Já na sexta-feira (30 de junho), quando ocorre a celebração da data mundial escolhida pela ONU para marcar a queda, em 1908 de um imenso asteróide na Sibéria, a segunda atividade acontece entre 8h30 e 21h no Instituto de Física da UFMT. Nesta data a programação inclui palestras, sessões de documentários e observação do céu com telescópio.

Entre os temas das palestras, além do que domina o evento, o professor-doutor Marcelo Marchiori, do Instituto de Física, apresenta o tema “Divisões”, que vai apresentar ao público as diferenças entre meteoros, meteoroides, meteoritos e asteroides. Na mesma linha, a graduanda de Física, Maria Gisllanny Bezerra, que já esteve na NASA e pretende ser a primeira astronauta mulher brasileira, apresenta palestra e uma mostra sobre meteoritos colhidos em diversos locais da Terra e de diferentes texturas.

Outra palestra imperdível será a da geóloga, Gleice Reis, que vai apresentar um local bem conhecido dos mato-grossenses que tem uma relação bem estreita com asteroides: o domo de Araguainha, local onde, há mais de 230 milhões de anos, houve um impacto de uma rocha espacial dessas com o planeta e que deixou uma enorme cratera onde hoje está situada a cidade de Araguainha/MT.

Documentários
Para quem prefere assistir à vídeos a programação selecionou: “Scientists Rock”, série que relata a origem do Dia do Asteroide e “O universo” – episódio 06 – Ataque de asteroides, da History Chanel.

Observação do Céu
A partir das 18h30 o público pode se dirigir ao estacionamento atrás da biblioteca da UFMT para, com os telescópios que estarão disponíveis, observar Saturno, Júpiter e a lua, nosso satélite natural que, na verdade, era parte do planeta Terra quando, nos primórdios da formação terrena, separou-se por conta do impacto de um asteroide.

O Asteroid Day

O Asteroid Day foi fundado em 2014, por Dr. Brian May, astrofísico e guitarrista da banda de rock Queen; Danica Remy, Presidente da Fundação B612; astronauta da Missão Apollo Rusty Schweickart; e o cineasta alemão Grig Richters. Entre seus parceiros estão incluídos a Association of Space Explorers (ASE) , a Fundação B612 o Discovery Channel e patrocinadores mundiais como OHB, SES, BCE e o Governo de Luxemburgo.Em Mato grosso a direção do CAMT e o IF da UFMT, que já fazem parte da organização das edições anuais da comemoração do Dia Mundial da Astronomia em 8 de abril, resolveram ampliar suas ações colocando mais esta atividade em sua agenda anual para levar a ciência astronômica mais perto da população a fim de abrir mais ainda sua popularização.

Confira a programação no Instituto de Física
Local: Auditório do Instituto de Física da UFMT
Período: 30 de junho de 2017
8h30 Abertura com Iramaia Cabral de Paulo (Diretora IF-UFMT) e Paulo Wolkmer (Presidente do Clube de Astronomia de Mato Grosso)
9h Palestra de Abertura – “Asteroid Day” – Ministrante: Denilton Carlos Gaio (Docente do IF)
10h20 Intervalo
10h40 Palestra Divisões Marcelo Marchiori (Docente do IF) Auditório IF
12h – Intervalo para Almoço
13h50 Documentários – Auditório Mestrado do Instituto de Física da UFMT
15h10 Intervalo
15h30 Coleção de Meteoritos Maria Gisllanny Bezerra Silva (Discente – Bach Fis)
16h30 Palestra Domo de Araguainha – – Ministrante: Gleice dos Santos Reis (Geóloga) – Auditório IF
18h10 translado
18h30 Observação do céu – Estacionamento Biblioteca UFMT

(Adriana Nascimento – Space News MT)

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s